Um pouco de tudo e tudo o mais......
23:38

Iniciando uma horta indoor - dicas básicas

Como a maior parte das visitas no meu blog é devido ao meu poste sobre a nossa horta indoor, resolvi dar algumas dicas de como iniciar um projeto desse tipo.

Primeiramente é preciso ter disposição e tempo para se dedicar à horta, uma vez que o cuidado com o plantio deve ser feito de forma rotineira e constante. Sendo a decisão tomada, é preciso escolher ou mesmo arranjar um lugarzinho para a estufa. No nosso caso usamos o closet,e o adaptamos colocando prateleiras para as plantas e material de jardinagem.




Caso você não tenha um quartinho ou um closet, existem as grow boxes  que nada mais são do que caixas com área e volume adequados e  com paredes refletoras para o uso como estufa. Elas são práticas e cabem em variados lugares dentro de uma casa ou apartamento. Além disso, são projetadas para otimizarem a reflexão e dispersão de luz de tal forma a aumentar a eficiência do desenvolvimento das plantas.


Uma vez estabelecido o local da estufa falta instalar o objeto mais importante do projeto: o  espectro solar, que no mundo da jardinagem é simulado pelas lâmpadas agrolights. O tamanho e potência da lâmpada vai depender do tamanho da estufa, mas os fornecedores em geral tem tabelas que podem auxiliar na hora da compra. É importante notar que além da lâmpada é preciso ter transformador para a potencia da lampada e  um refletor. Esse arranjo deve ser montado por você mesmo. Veja como exemplo o arranjo de hidroponia da figura abaixo.



Feito isso basta plantar! Existem inumeras técnicas de plantio, que variam de planta para planta. O importante é procurar plantas cujo o ciclo de colheita não seja longo demais e que não sejam sazonais, ou seja, opte por plantas que podem ser germinadas durante todo o ano.

Para aqueles que gostariam de entender mais sobre os melhores tipos de plantas para se plantar em casa indicamos o livro  TheVegetable & Herb Expert, que traz informações rápidas, mas detalhadas sobre diversos vegetais, frutas e ervas. O livro dá dicas de como deve ser o plantio, quanto tempo  leva para a  colheita, etc....

Para aqueles que preferem experimentar antes de procurar informações mais aprofundadas, eu sugiro como boa pedida para o plantio, pimenta, alface, rúcula, temperos em gerais (alecrim, manjericão, hortelã ) camomila, espinafre, tomate e pimentão.

Algumas plantas precisam ser germinadas em um germinador antes de serem transplantadas para um vaso. Da lista acima recomendo o uso do germinador para todas com exceção do alface que é melhor ser plantado direto no vaso. As fotos abaixo mostram o germinador que usamos.


Além disso usamos "potting soil" ou terra para vasos. A regagem é feita 1 vez a cada dois dias. Irregularmente usamos o Miracle Grow (fertilizante para todos os propósitos) líquido e em pó. Recentemente, Julio comprou o Pokon Tomato Food (and vegetables)  sendo que no início do crescimento das plantas, uma vez por mês, ele fertiliza com um "folheante / verdificador". Após ler algumas coisas nos livros, já compramos uma terra "de composto" (com compostagem).
Por hoje é isso. Vou preparar logo mais um poste bem rápido sobre podas.

1 comentários:

Francisco disse...

Que belezinha essa horta!

Postar um comentário